doux marketing

Anunciar na internet: plataformas e considerações importantes

anunciar na internet

Anunciar na internet é um tema novo – e faz muitas pessoas pensarem que é um bicho de sete cabeças.

O ponto é: A presença online é essencial hoje para qualquer negócio que busca se tornar conhecido e, também, alcançar seu público-alvo com eficiência e menores custos.

Falando em custos, é claro que os preços não são mais da mesma forma que eram em 2001, 2005 por aí, mas ainda é algo mais barato – disparado – do que anunciar na TV por exemplo.

É por isso que, neste artigo, exploraremos alguns tópicos importantes sobre o tema, como as plataformas em que você pode anunciar e algumas considerações importantes.

Tudo isso para te mostrar que, não, anúncios online não precisam ser um bicho de 7 cabeças. E você pode aproveitar o tráfego orgânico para anunciar ideias e produtos antes de investir na publicidade paga.

Então, aproveite e continue a leitura!

Qual a melhor forma de anunciar na internet?

A variedade de opções para anunciar online pode ser grande – e a escolha depende do público-alvo, dos objetivos e dos recursos disponíveis.

O Google Ads, por exemplo, oferece anúncios baseados em pesquisa, em banners e no Youtube, enquanto o Facebook Ads permite segmentação avançada no Instagram e Facebook.

Nesse sentido, uma estratégia híbrida pode ser a chave, inclusive aproveitando tanto ações orgânicas quanto o alcance pago.

Opções interessantes:

Google Ads

  1. Alcance elevado: O Google é o motor de busca mais utilizado globalmente, o que significa que os anúncios têm um grande potencial de alcance.
  2. Intenção de pesquisa: Os anúncios são exibidos com base nas consultas de pesquisa dos usuários, o que significa que são mais propensos a atingir pessoas interessadas ativamente nos produtos ou serviços anunciados.
  3. Diversidade de formatos: Oferece diversos formatos de anúncios, incluindo texto, display, vídeo e shopping.

Facebook Ads

  1. Segmentação avançada: O Facebook permite uma segmentação detalhada com base em dados demográficos, interesses e comportamentos, permitindo atingir um público-alvo específico.
  2. Engajamento social: Os usuários do Facebook estão mais propensos a interagir com anúncios, compartilhá-los e comentar, proporcionando um engajamento mais profundo.
  3. Diversidade de formatos: Suporta uma variedade de formatos, incluindo imagem, vídeo, carrossel, coleção, entre outros.

Tiktok Ads

  1. Público jovem: A plataforma tem uma audiência predominantemente jovem, o que a torna ideal para marcas que desejam atingir esse segmento demográfico.
  2. Formato criativo: Os anúncios no TikTok geralmente são vídeos curtos e criativos, permitindo que as marcas se destaquem de forma única.
  3. Trends e desafios: As marcas podem aproveitar as trends e os desafios da plataforma para aumentar o envolvimento e a visibilidade.

Pinterest Ads

  • Inspiração e descoberta: O Pinterest é uma plataforma onde os usuários buscam inspiração e descobrem novas ideias, tornando-a eficaz para produtos relacionados a estilo de vida, decoração, moda, etc.
  • Compras diretas: Os Pins patrocinados podem incluir links diretos para compra, facilitando a conversão de interessados em compradores.
  • Demografia específica: O Pinterest atrai principalmente um público feminino e é eficaz para marcas que desejam atingir essa demografia.

Como fazer anúncio na Internet de graça?

Investir em anúncios pagos é eficaz, mas nem sempre é a única opção.

Nesse sentido, se você está começando e não tem tanta verba, pode tentar:

  • Estratégias de marketing de conteúdo em blogs e redes sociais;
  • SEO (otimização para mecanismos de pesquisa) no blog e no site;
  • E-mail marketing; e
  • Presença ativa em redes sociais.

No entanto, se sua ideia é fazer tráfego pago sem precisar desembolsar a grana do profissional de mídia paga (gestor de tráfego), existem inúmeros conteúdos gratuitos no YouTube – e essa é uma excelente forma de começar a aprender.

Qual a importância de anunciar na Internet?

Anunciar na internet não é mais uma escolha, mas uma necessidade estratégica.

Isso porque a internet virou o foco das atividades do dia a dia, e os consumidores buscam ativamente produtos e serviços online.

Inclusive, ter uma presença digital fortalece a marca, aumenta a visibilidade e estabelece uma conexão direta com a audiência, fundamentais para o sucesso a longo prazo.

Quanto custa para anunciar na internet?

Os custos de publicidade online variam, dependendo da plataforma e do modelo de pagamento.

No entanto, você pode estabelecer um orçamento diário de, por exemplo, R$ 20 por dia durante um tempo determinado (principalmente se você souber lidar com as plataformas de anúncios) e fazer testes.

Afinal, estabelecer um orçamento claro e entender os resultados (o retorno sobre o investimento) são fundamentais para otimizar gastos e alcançar resultados sólidos.

O que é o tráfego pago?

O tráfego pago refere-se à aquisição de visitantes por meio de anúncios pagos.

Inclusive, essa abordagem é particularmente eficaz para gerar resultados rápidos, mas exige uma estratégia cuidadosa para garantir que os investimentos virem conversões.

Além disso, compreender as peculiaridades do tráfego pago, como segmentação demográfica e seleção de palavras-chave, maximiza a eficácia dessas campanhas.

Segmentação demográfica

Você conhece seu público-alvo?!

Você pode começar os estudos do público mapeando a persona, para, depois, definir as características demográficas dele (com uma persona ou mais), sendo as características: Idade, etnia, sexo, estado civil, nacionalidade, etc.

Assim, você pode fazer uma segmentação com base em uma ou mais características demográficas, a depender do público a que seu produto ou serviço se destina.

Sem falar que você pode segmentar por interesses também, com base no interesse que a pessoa apresenta ao navegar na internet – entre outras segmentações bacanas.

Seleção de palavras-chave

A busca do Google, por exemplo, funciona por meio de palavras-chave, assim: Quando você digita a sua busca na internet, os resultados que aparecem (orgânicos e patrocinados) são referentes às palavras-chaves definidas por quem criou aquelas publicações.

Dessa forma, conhecendo as palavras-chave que o seu público usa (ou seja, conhecendo bem o público e o segmento), você consegue fazer um trabalho muito bacana de palavras-chave.

Isso não apenas nos anúncios, mas no seu site e nos artigos do seu blog.

Agora, se o interesse é anunciar nas redes sociais…

Qual rede social é melhor para anunciar?

A escolha da rede social certa para anunciar depende do público-alvo e dos objetivos da campanha.

Porém, de acordo com uma pesquisa recente da RD Station, o Instagram é líder quando se trata de gerar novos negócios, sendo considerado mais relevante por 92,5% dos entrevistados.

Nesse sentido, a natureza visual da plataforma e seu alcance global a tornam uma ferramenta poderosa para envolver e converter usuários em clientes.

No entanto, vale ressaltar: Pesquise seu público-alvo e entenda em quais redes ele está presente.

Veja os benefícios de cada rede social:

Facebook

  • Vantagens: Grande alcance, segmentação avançada, diversidade de formatos de anúncios.
  • Foco: Empresas que buscam alcance amplo e desejam segmentar com base em dados demográficos, interesses e comportamentos.

Instagram

  • Vantagens: Foco em conteúdo visual, engajamento alto, especialmente entre os usuários mais jovens.
  • Foco: Marcas que podem se beneficiar de marketing visual, como moda, estilo de vida, viagens, etc., mas não há uma regra.

Pinterest

  • Vantagens: Inspiração e descoberta, público feminino predominante, pins patrocinados para compras diretas.
  • Foco: Marcas relacionadas a estilo de vida, moda, decoração, receitas, etc.

TikTok

  • Vantagens: Público jovem, formato de vídeo curto, tendências virais.
  • Foco: Marcas que buscam alcance entre usuários mais jovens e que podem criar conteúdo criativo em formato de vídeo.

Adaptação é a chave em todos os sentidos

Em um cenário onde a concorrência é intensa, anunciar na internet é uma necessidade.

E, ao explorar diferentes formas de publicidade online, desde anúncios pagos até estratégias orgânicas, você pode, sim, criar uma presença digital forte e eficaz para sua empresa.

Mas vale ressaltar: Sempre adapte suas estratégias com base nos objetivos específicos e nas características do público-alvo, garantindo que terá retorno sobre o investimento.

Afinal, adaptação é a chave no contexto atual geral.

Falando nisso, aproveite e confira os próximos artigos para ficar por dentro do mundo do marketing digital.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *