doux marketing

Comunicação positiva: transformando relações no trabalho

comunicação positiva

Comunicação positiva é capaz de moldar o ambiente de trabalho e impulsionar o êxito das empresas.

Afinal, ela acontece em um cenário onde a dinâmica das relações interpessoais impacta fortemente nos resultados, sendo mais decisiva do que em outros.

É por isso que este artigo explora a essência da comunicação positiva, indo além da parte verbal e abordando a escuta ativa, empatia e expressão respeitosa.

Inclusive, para contextualizar, entraremos brevemente na história da comunicação positiva, cujas raízes estão na Comunicação Não Violenta, uma abordagem de Marshall Rosenberg.

Qual o objetivo da comunicação positiva?

Em um mundo onde as interações muitas vezes são marcadas por desafios e tensões, a comunicação positiva surge como uma ferramenta para promover algumas mudanças necessárias.

Afinal, uma mensagem encorajadora, um olhar confiante, um sorriso sincero ou uma palavra de incentivo podem transformar o dia de alguém e influenciar seus planos e decisões.

Aliás, este é o objetivo da comunicação positiva: Contribuir para o desenvolvimento saudável e bem-sucedido das pessoas, seja no trabalho, seja em treinamentos.

Afinal, um ambiente seguro favorece a criatividade – e a criatividade somada à atitude favorece o desenvolvimento de empresas e da sociedade no geral.

Como se comunicar de forma positiva?

Primeiro, saber escutar é essencial. Afinal, ouvir atenta e abertamente demonstra respeito e empatia, construindo uma base para interações saudáveis.

Além disso, fazer as perguntas certas também é importante, sendo considerada uma habilidade valiosa para aprofundar a compreensão mútua.

Outro ponto é a linguagem corporal, uma linguagem universal que muitas vezes fala mais alto do que as palavras. Dessa forma, utilizar expressões faciais e gestos de forma positiva reforça a mensagem desejada.

E, é claro, ter um planejamento é importante. Afinal, uma comunicação positiva não acontece por acaso; ela é fruto de preparação e intenção.

Tipos de comunicação

Antes de tudo, você conhece os tipos de comunicação?

Confira os principais:

Verbal

  1. Linguagem falada: Utilização de palavras e sons para expressar pensamentos e ideias.
  2. Linguagem escrita: Utilização de símbolos e letras para transmitir informações por meio de textos.

Não verbal

  1. Linguagem corporal: Gestos, expressões faciais, postura e movimentos do corpo que transmitem significados.
  2. Expressões faciais: O uso das expressões do rosto para comunicar emoções e intenções.
  3. Tom de voz: A entonação, ritmo e volume da voz que acrescentam significado à comunicação verbal.
  4. Comunicação visual: Uso de imagens, gráficos e outros elementos visuais para transmitir informações.

Escrita

  1. Cartas, e-mails e mensagens: Comunicação por escrito por meio de correspondência física, e-mails ou mensagens eletrônicas.
  2. Relatórios e documentos: Utilização de documentos formais para transmitir informações detalhadas.

Agora, deixo algumas dicas de comunicação positiva:

Dicas importantes:

1.Saiba escutar

Saber escutar é um ato de humildade: Ninguém sabe demais que não possa ouvir o outro e aprender com ele. Aliás, temos dois ouvidos e uma boca, para ouvir mais do que falar;

2.Ouça com respeito e empatia

Nós não sabemos o que a outra pessoa passou e em qual contexto a visão de mundo dela foi construída. Mas sempre podemos ajudar com a nossa;

3.Saiba fazer perguntas

Saiba fazer perguntas: Sempre quando bons profissionais estão perto de experts, eles aproveitam a oportunidade para fazer boas perguntas. E como se faz isso? Estudando;

4.Tenha gestos receptivos

A linguagem corporal também importa: Procure fazer gestos de receptividade e atenção, ao invés de se fechar e parecer estar ansioso para sair daquela conversa.

Qual a importância da comunicação positiva no mundo corporativo?

No universo corporativo, onde a colaboração e a eficiência são fundamentais, a comunicação positiva desempenha um papel decisivo, tanto no remoto quanto no presencial.

Afinal, melhorar a comunicação no ambiente de trabalho fortalece os laços entre os colaboradores e facilita a proposição de soluções e ideias, a explicação de estratégias e o andamento de acordos de forma clara e objetiva.

Assim, a comunicação positiva, fundamental para o sucesso, contribui para a construção de equipes unidas, aumenta a motivação dos colaboradores e impacta nos resultados da empresa.

Por isso, a melhoria da comunicação no ambiente corporativo é considerada um investimento estratégico que permite colher bons frutos a longo prazo.

Quem criou a comunicação positiva?

O termo “comunicação positiva” tem suas raízes na Comunicação Não Violenta (CNV), uma abordagem pioneira criada pelo psicólogo Marshall Rosenberg na década de 60.

Nesse contexto, a CNV revolucionou a maneira como nos relacionamos, oferecendo uma abordagem única para expressar desejos, pensamentos e necessidades de forma suave e respeitosa.

Inclusive, a proposta de Rosenberg era criar conexões mais profundas e compreensão mútua.

Assim, ao substituir padrões de comunicação prejudiciais por diálogos construtivos, a Comunicação Não Violenta tornou-se um pilar fundamental para a promoção da comunicação positiva em diversos contextos, incluindo o ambiente corporativo.

Uma filosofia que transforma as relações humanas

A comunicação positiva não é apenas uma ferramenta; é uma filosofia que, como todas as filosofias, transforma as interações humanas.

Nesse sentido, ao incorporar seus princípios no ambiente corporativo, as organizações podem criar culturas de trabalho mais saudáveis, colaborativas e produtivas.

Dessa forma, podem promover o sucesso profissional e, também, o bem-estar de seus colaboradores.

Muito importante, não é?

Já tinha ouvido falar na comunicação positiva? Me conta nos comentários.

Aproveite e leia sobre marketing de relacionamento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *